SÃO MATEUS – Após reportagem do CENSURA ZERO e pressão dos Mateenses, Daniel admite “erro gravíssimo” e cancela fechamento da UPA; prefeito condecorado pelo Corpo de Bombeiros do ES faz gestão sofrível e medida era reprovada por emissários do governador Casagrande

0
53

Após reportagem do CENSURA ZERO e pressão da Comunidade Mateense contra a decisão esdrúxula de fechar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas, o prefeito Daniel Santana, o Daniel da Açaí (sem partido), admitiu o erro grave e cancelou o fechamento da unidade, com a alegação de reforma.

Emissários do governador Renato Casagrande destacaram, em matéria jornalística do CENSURA ZERO, que a medida adotada sem consulta aos vereadores e à sociedade provocaria uma “explosão” na prestação de atendimento do Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares (HRAS). As autoridades do Palácio Anchieta haviam reprovado a decisão de Daniel, considerando-a “um erro gravíssimo”.

Admitindo esse “erro gravíssimo”, Daniel anunciou, no final da tarde desta sexta-feira (30/06), que se reuniu com a equipe de Engenharia da Prefeitura e “foi traçado um novo cronograma de trabalho, com a reforma começando pelo Setor Administrativo da UPA”.

“Com remanejamentos previstos, os atendimentos seguirão de forma normal”, disse o prefeito condecorado pelo Corpo de Bombeiros do Espírito Santo e que faz gestão pública sofrível em São Mateus [vide as inúmeras reportagens do CENSURA ZERO]. .

Daniel da Açaí visitou a UPA na tarde desta sexta (30), acompanhado da subsecretária de Saúde, Cristiane Borges, e da coordenadora geral da unidade, Olga Casula, e retirou pessoalmente os comunicados sobre o fechamento, que teve a rejeição da Comunidade Mateense.

VEJA TAMBÉM:

‘BOMBA-RELÓGIO’ NO DESCASO EM SÃO MATEUS – Daniel avisa que fechará UPA com festança de R$ 30 milhões programada para setembro; emissários do Governo do Estado alertam que, com apoio de Casagrande, prefeito tem espécie de “carta branca para desmandos” e medida deve causar “explosão do atendimento no Hospital Roberto Silvares e caos social na Cidade”

INVERSÃO DE VALORES?! – Corpo de Bombeiros do ES homenageia Prefeito preso pela Polícia Federal e denunciado pelo MPF por organização criminosa, corrupção, lavagem de dinheiro, fraudes em licitação, falsidade ideológica e improbidade administrativa; Comando da corporação vê “mérito” no gestor que já determinou gastos de R$ 30 milhões com festa em setembro, enquanto a cidade está entregue à sujeira e matagal, vive caos na saúde, falta de fiscalização no transporte público coletivo e uso político de famílias carentes com engodo de promessas políticas não cumpridas

BLOG DO ANDRÉ OLIVEIRA – INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui