VITÓRIA DO POVO MATEENSE – Banco do Brasil nega R$ 100 milhões para Daniel e impede rombo histórico nos cofres da Prefeitura de São Mateus; assunto foi destacado em sessão da Câmara de Vereadores

0
84

Foi vitoriosa a luta do Povo de São Mateus contra o empréstimo de R$ 100 milhões pretendidos pelo prefeito Daniel Santana (sem partido), que resultou no convencimento de cinco vereadores da Câmara de São Mateus na resistência contra o G-6, grupo dos seis parlamentares que compõem a tropa de choque do gestor municipal no Legislativo. A mobilização presencial e nas redes sociais foi feita a partir de reportagens do site e canal CENSURA ZERO, do jornalista e radialista André Oliveira, e do PORTAL SÃO MATEUS SEM CENSURA, do blogueiro Léo Ribeiro, desde dezembro de 2022.

“O Banco do Brasil não vai liberar o empréstimo de R$ 100 milhões”, comunicou o vereador Cristiano Balanga (Pros), em discurso na sessão ordinária desta terça-feira (30/05). Pertencente à tropa de choque subserviente ao prefeito Daniel, Balanga lamentou o desfecho dado ao empréstimo depois de contrariar a opinião pública, juntamente com Kácio Mendes (PSDB), Ciety Cerqueira (PT), Preta do Nascimento (PSB), Adeci de Sena (Cidadania) e Isael Aguilar (União Brasil).

Vale lembrar que o presidente da Câmara, Paulo Fundão (PP) posicionou-se contrário ao empréstimo de R$ 100 milhões junto ao Banco do Brasil, sendo obrigado por ordem judicial a colocar o projeto de lei para votação, mas usando as prerrogativas regimentais de maneira a garantir que os anseios da Comunidade Mateense fossem respeitados, ao lado dos vereadores Carlinho Simião (Podemos), Laílson da Aroeira (Solidariedade), Gilton Gomes, o Pia (PSDB) e Delermano Suim (Patriota).

Ao usar a tribuna para seu discurso, Laílson comemorou a não liberação dos R$ 100 milhões pelo BB, já que o empréstimo endividaria os cofres da Prefeitura de São Mateus por 10 anos, comprometendo a governabilidade nas próximas três gestões municipais.

“Eu fiquei mais feliz do que se tivesse ganhado na Mega Sena sozinho”, destacou Pia, dizendo-se emocionado com o comunicado transmitido pelo vereador Balanga.

No discurso que fez, o vereador Carlinho Simião parabenizou a mobilização da Comunidade Mateense na luta para impedir o endividamento do Município com o empréstimo de R$ 100 milhões que era pretendido pelo prefeito Daniel da Açaí.

PREFEITO CALADO

O prefeito Daniel Santana, que atuou desesperadamente com a Procuradoria Geral do Município, os vereadores do G-6 e sua milícia digital (gabinete do ódio) na contramão da vontade popular para aprovar o Projeto de Lei 055/2022, ainda não fez nenhuma declaração pública sobre a decisão do Banco do Brasil, rejeitando a liberação do empréstimo de R$ 100 milhões.

No site da Prefeitura de São Mateus, também não há nenhuma nota ou notícia da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom-SM) referente ao assunto.

BLOG DO ANDRÉ OLIVEIRA – INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui