ELEIÇÕES 2020 – Maioria dos pré-candidatos a Prefeito de São Mateus está desmobilizada nas redes sociais

0
159

Recente enquete realizada pelo portal CENSURA ZERO por um período de uma semana, e repercutida aqui no BLOG DO ANDRÉ OLIVEIRA, revela o que já está sendo possível constatar no dia a dia no meio virtual: os pré-candidatos a Prefeito em São Mateus estão desmobilizados na internet e nas redes sociais.

A prova maior foi que obtiveram os melhores resultados exatamente os nomes que têm uma atuação efetiva mínima junto aos internautas e despertaram para a mostra espontânea online. Pela ordem, os preferidos dos internautas na enquete foram Daniel Santana (PSDB), Elisângela Preta (PSB), Amadeu Boroto (PP) e Welington Secundino (PV).

Analisando esses nomes, constatamos que o atual prefeito Daniel tem uma presença nas redes sociais por meio de apoiadores e houve um contrapondo por parte de simpatizantes do ex-prefeito Amadeu, já que eles mesmos não movimentam perfis no Facebook e no Instagram, por exemplo.

Até pelas funções profissionais que exercem, Preta, que é assessora política do senador Marcos do Val, e Welington, que é engenheiro agrônomo atuante, usam seus perfis com assiduidade além do interesse pessoal; e também interagem em grupos de WhatsApp.

O pré-candidato do PL, Nilis Castberg, já desenvolve um trabalho de pré-campanha nas redes sociais, mas não conseguiu bom desempenho na enquete.

Os outros sete nomes que constavam na enquete mantêm até perfis em Facebook ou Instagram, ou participam de grupos de WhatsApp, mas não chegam a ser notados pelos internautas, porque tem atividade com baixíssima influência virtualmente.

São eles Carlinhos Lyrio (Podemos), Professor Keydson (DEM), Eliezer Nardoto (PRTB), Dr. Mauro Peruchi (Rede), Hubstênio Bill (PSD), Cássio Caldeira (PP) e Eneias Zanelato (PT).

É um erro grosseiro de quem se propõe a colocar o nome à apreciação da população para buscar o cargo de Prefeito de São Mateus. Já seria em tempos normais e este ano eleitoral atípico acentua essa falha, por conta da pandemia do novo coronavírus.

As autoridades de saúde ainda não têm a mínima de condição de determinar o comportamento futuro, a curto prazo, da doença, mas é certo que a campanha eleitoral sofrerá um grande prejuízo quanto aos contatos e reuniões presenciais.

O Tribunal Superior Eleitoral já sinaliza com a permissão para convenções partidárias online e o novo Presidente do TSE, que já descartou a possibilidade de prorrogação dos atuais mandatos de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores no País, assegurou a realização de eleição este ano, nos meses de novembro e dezembro.

Portanto, as redes sociais ganham um valor ainda maior na pré-campanha e na campanha eleitoral para a identificação dos candidatos a Prefeito e suas propostas pelo eleitor. A continuar do jeito que está, a tendência é que Daniel da Açaí leve uma grande vantagem no pleito.

Em primeiro lugar, porque já tem a máquina pública administrativa a seu favor e, segundo, porque, ainda que criminosa, tem uma rede virtual que atua na defesa do atual Chefe do Executivo.

Vamos aguardar que os demais candidatos despertem do sono virtual enquanto ainda há tempo. Afinal, a internet e as redes sociais não dormem e não costumam perdoar quem cochila!

VEJA TAMBÉM: 

Internautas identificam Daniel, Preta, Amadeu e Welington com mais destaque na pré-campanha a Prefeito(a) em São Mateus

POR ANDRÉ OLIVEIRA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui