Pressionado pelo MP, Amadeu atende a clamor comunitário e ordena perfuração de poços artesianos

0
144
MATEENSES SOFREM HÁ 54 DIAS SEM ÁGUA POTÁVEL NAS TORNEIRAS. PREFEITO CHEGOU A SER NOTIFICADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL


    Serão perfurados 10 poços artesianos na área próxima ao ponto de captação de água bruta do Saae.

Depois de passar 54 dias alheio aos apelos dos moradores que sofriam sem água potável nas torneiras das casas, o prefeito Amadeu Boroto decidiu ceder ao apelo da comunidade e ordenou a perfuração de poços artesianos.

Ele foi pressionado também por notificação do Ministério Público Estadual, que exigiu o cumprimento imediato de medidas emergenciais para sanar o problema no abastecimento de água no Município.

    A previsão é que o trabalho de perfuração dos poços dure cerca de cinco dias.

O trabalho começou nesta segunda-feira (23/11), coordenado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). A intenção é perfurar 10 poços artesianos na Avenida Cricaré, no Bairro Porto, próximo ao ponto de captação de água bruta do Rio Cricaré, cuja água está salinizada por conta da baixa vazão e o avanço do mar.
    O Saae realiza o abastecimento emergencial de água potável com carros-pipa, mas o atendimento é deficitário.

A empresa responsável pelas obras informou que cada poço leva de quatro a cinco dias para ser perfurado. Cada um terá vazão de 30 a 40 metros cúbicos de água por hora, o que deve permitir ao Saae captar, em média, de 300 mil a 400 mil litros de água por hora nos 10 poços.
   Com o baixo volume do Rio Cricaré por conta da estiagem, o mar avança sobre o leito do manancial deixando a água salinizada.

(Agência Visão Atalaia – Fotos: Facebook)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui