Detalhe importante

0
141
“Então, avisaram a Davi, dizendo: Abençoou o SENHOR a casa de Obede-Edom e tudo quanto tem, por amor da arca de Deus; foi, pois, Davi e trouxe a arca de Deus para cima, da casa de Obede-Edom, à Cidade de Davi, com alegria” (2 Samuel 6.12).



Desde que os filisteus tomaram a Arca da Aliança, Deus estava irado com Seu povo e seus inimigos. Os israelitas sabiam que Ele andava entre eles e não poderiam ter se dado ao pecado, como os próprios filhos de Eli fizeram. Ao ser levada para a terra filisteia, a Arca levou maldições para lá. Veja o que você tem feito para impedir o agir do Senhor em sua vida.

Na terra dos filisteus, a presença da Arca significou prejuízo para eles, pois, por não temerem o Senhor e terem feito o que não deveriam, viram a mão do Todo-Poderoso pesar sobre eles de forma destruidora. O vexame era mortal, a ponto de concluírem que seriam dizimados se não se livrassem daquela “caixa” contendo o Deus de Israel. Eles se esforçaram para se livrar do castigo que se abatera sobre eles.

O pavor também se apossou de Davi e dos israelitas quando viram o que aconteceu a Uzá, o qual estendeu a mão para segurar a Arca e foi fulminado. Ele desconhecia que Deus não precisa da ajuda humana no que diz respeito ao Seu culto. Até mesmo o louvor deve ser dado com tremor e temor com o que Ele nos dá. Os bois tropeçaram, mas, mesmo assim, Deus era poderoso para guardar o que Lhe pertencia (2 Sm 6.6).
No caso de Davi, ele não desistiu de trazer a Arca; porém, mandou que a levassem para a casa de Obede-Edom, onde ficou por três meses. Lá, foi diferente. Por temer o Senhor e acolher a Arca durante um curto período, esse homem e sua casa foram abençoados por Deus pelo amor demonstrado pelo sagrado. O Altíssimo sempre recompensará os piedosos de coração.

Davi, então, buscou a Arca e levou-a para sua cidade. No entanto, seu temor era tanto, que ele sacrificou bois e carneiros cevados após seis passos dados por aqueles que a carregavam. Ao mesmo tempo, saltou com todas as suas forças diante do Senhor. Assim, aquele rei e todo o Israel levavam a Arca com júbilo e ao som de trombetas.

Davi sabia que devia servir a Deus e fazer a Sua obra com a alegria concedida por Ele. Engana-se quem só vive reclamando ou pedindo bênçãos com o coração amargurado ou pecados escondidos. O Salmo 119.75 explica a razão de sermos afligidos. Pecado deliberado traz pena dura.

Quem faz a obra com tristeza não serve a Deus. Alegria é o requisito básico no serviço ao Senhor. O fato de você se alegrar ao ouvir a Palavra, mas não usar isso na obra divina – oração, testemunho, entrega dos dízimos e das ofertas etc. – mostra que você se tornou em uma má figueira e, por isso, não ficará na Terra da Promessa.
…………….

(Mensagem de autoria de R.R. Soares, publicada originalmente no site ongrace.com)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui