CRIMES EM SÃO MATEUS – Achincalhados pelo gabinete do ódio, vereadores de oposição ficam amedrontados e não acionam criminosos na Justiça; milícia digital tem apoio de Daniel e de parlamentares da base do prefeito

0
33

Vereadores que fazem oposição ao prefeito Daniel Santana, o Daniel da Açaí (sem partido), na Câmara de São Mateus voltaram a ser alvos, nesta segunda-feira (12/06), da milícia digital (gabinete do ódio) que atua a mando do Chefe do Executivo.

Ainda ressentido pelos votos contrários ao empréstimo de R$ 100 milhões, que acabou aprovado por 6 a 5 pela maioria danielista e foi negado à gestão municipal pelo Banco do Brasil, Daniel da Açaí tem dado carta branca para que seu porta-voz e autointitulado blogueiro Dilton Pinha, o Diltão, achincalhe publicamente os vereadores Gilton Gomes, o Pia (PSDB); Laílson da Aroeira (Solidariedade); Carlinho Simião (Podemos); Delermano Suim (Patriota) e Paulo Fundão (PP).

No entanto, a artilharia tem poupado Fundão pelo fato de ele já ter acionado na Justiça Diltão de Daniel e outros membros do gabinete do ódio, inclusive servidores da Prefeitura de São Mateus. No entanto, os demais vereadores de oposição mostram-se acusados e amedrontados em denunciar os criminosos à Polícia Civil ou até mesmo abrir processos por calúnia, difamação e injúria contra os apadrinhados pelo prefeito.

Apoiados na impunidade, os responsáveis pelos ataques já não agem mais anonimamente; pelo contrário, os atos de achincalhamento são declarados por meio das redes sociais, grupos de WhatsApp e do site Portal Boca no Trombone, que pertence ao chefe do gabinete do ódio, Diltão de Daniel, e sua esposa Gisele Santin.

FAKE NEWS INSTITUCIONALIZADA

A mais recente fake news institucionalizada divulgada pela milícia digital foi uma suposta pesquisa sobre o aumento do número de vereadores. O gabinete do ódio poupa os vereadores danielistas e tenta jogar a opinião pública contra os parlamentares de oposição, publicando, com informações inverídicas, que eles seriam a favor do aumento do número de membros da Câmara Municipal, de 11 para 17 ou 19 vereadores.

Laílson e Simião usaram a tribuna do Legislativo para desmentir o sistema paralelo de comunicação ligado ao Poder Executivo na sessão ordinária desta segunda-feira (12/06), mas ainda não cogitaram acionar os criminosos na Justiça.

APOIADORES DO SISTEMA CRIMINOSO

Além do prefeito Daniel, os vereadores Kácio Mendes (PSDB), Cristiano Balanga (Pros), Ciety Cerqueira (PT), Adeci de Sena (Cidadania), Isael Aguilar (União Brasil) e Preta do Nascimento (PSB) são apoiadores dos crimes praticados pelo gabinete do ódio contra autoridades, jornalistas e cidadãos de bem que o sistema marginal tacha como oposição à gestão Daniel.

Preta, inclusive, chegou a empregar na Câmara Municipal como assessor parlamentar Gisele Santin, esposa de Diltão de Daniel e uma das coordenadoras do sistema criminoso que atua em parceria com a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom-PMSM). Recentemente, ela deixou o Legislativo e foi nomeada na Prefeitura por Daniel da Açaí.

VEJA TAMBÉM:

FUTURO DE SÃO MATEUS – Com mais de 2 anos de atraso, Daniel inicia obras no Bairro Liberdade de olho nas Eleições 2024; veja vídeo

ZOMBARIA COM MP, TCE-ES E JUDICIÁRIO – Prefeito Daniel cita Casagrande ao usar, oficialmente, sistema criminoso para divulgar obras em parceria com Governo do Estado em São Mateus

BLOG DO ANDRÉ OLIVEIRA – INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui