Delegado do Caso Marielle revela bastidores das investigações

GINITON LAGES FOI O PRIMEIRO RESPONSÁVEL PELA APURAÇÃO DO ASSASSINATO DA REVEREADORA CARIOCA, MORTA A TIROS EM 2018

0
108

Crime ainda sem solução, o assassinato de Marielle Franco chocou o mundo em 2018 e ainda repercute como sintoma da fragilidade da democracia brasileira. Incumbido de encontrar respostas, o delegado Giniton Lages assumiu a responsabilidade de iniciar as investigações sobre o atentado. Sua trajetória a frente do caso, desde o dia em que assumiu o inquérito até a prisão de dois acusados pelos homicídios, agora está retratada no livro Quem Matou Marielle?, lançamento da Matrix Editora.

Escrita em parceria com o cientista político e jornalista Carlos Ramos, a obra resgata com fidelidade as tensões pré-eleições que culminaram com protestos, enfrentamentos ideológicos e um foco ainda maior nas pautas relacionadas à segurança pública. O livro explora também as linhas de investigação adotadas no caso, reproduz os depoimentos colhidos com testemunhas e suspeitos e detalha o envolvimento de Ronnie Lessa, policial militar reformado acusado de executar a vereadora.

Marielle tinha baixado no seu celular um aplicativo de gravação de chamadas telefônicas, realizadas e recebidas. Todas as conversas estavam registradas. A instalação poderia ter sido feita por outra pessoa? Pouco provável, primeiro porque exigiria dados restritos
e senha para baixar; segundo, porque, se fosse isso, certamente a pessoa esconderia o aplicativo dentro do sistema operacional do aparelho e não o deixaria exposto na área de trabalho, como nós o encontramos. Então, por que ela estava preocupada em gravar as suas ligações?
(Quem Matou Marielle?, pg. 79)

Quem Matou Marielle? revela os bastidores das movimentações que trouxeram à tona personagens e práticas ilícitas do submundo do crime no Rio de Janeiro. Ao apresentar sua versão como delegado encarregado do caso, Lages retrata em detalhes a análise das evidências, a busca por suspeitos, a pressão por uma resolução e as repercussões políticas da morte de Marielle e seu motorista, Anderson Gomes.

Ao longo das páginas, Giniton Lages e Carlos Ramos apresentam um ponto de vista inédito sobre o Caso Marielle, que se tornou símbolo de luta e resistência para diferentes grupos. Ao destacar erros e acertos dos envolvidos na apuração, os autores reforçam o desejo de contribuir para que a sociedade esteja mais preparada para lidar com situações semelhantes no futuro e, se possível, até mesmo evitá-las.

FICHA TÉCNICA

Livro: Quem Matou Marielle?
Autor:
 Giniton Lages e Carlos Ramos
Editora:
 Matrix Editora
ISBN:
 978-65-5616-210-2
Páginas: 
296
Formato: 
16 x 23 cm
Preço: 
R$ 62,00 (impresso) e R$ 42,90 (e-book)
Onde encontrar: Matrix Editora

SINOPSE

A vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes foram executados na noite de 14 de março de 2018. O crime chocou o país, ganhou projeção internacional e transformou o nome de Marielle numa referência global na defesa dos direitos humanos e na luta contra as injustiças e atrocidades que marcam o Brasil.

As investigações trouxeram à tona diversas informações sobre o submundo do crime no Rio de Janeiro, as conexões das milícias e, principalmente, a grande dúvida de quem foi o mandante da execução. Nesta obra, você vai saber em detalhes como foi a investigação. Você vai acompanhar os bastidores do caso na visão do delegado Giniton Lages, desde o dia em que ele assumiu o comando do caso até a prisão dos dois acusados pelos homicídios.

AUTORES

GINITON LAGAS é formado em Direito e pós-graduado em Gestão Estratégica, Processos e Projetos Integrados em Segurança Pública – COPPEAD/UFRJ. Ingressou na carreira de Delegado de Polícia do Estado do Rio de Janeiro em 2008 e atuou na Divisão de Homicídios nos cargos de Delegado Titular da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense/RJ e Delegado Titular da Delegacia de Homicídios da Capital do Estado do Rio de Janeiro. É Diretor do Departamento Geral de Polícia da Baixada Fluminense da Secretaria de Estado de Polícia Civil – RJ.

CARLOS RAMOS é cientista político e jornalista. Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal de São Carlos. Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Graduado em Filosofia pela Universidade Estadual Paulista.

EDITORA

Apostar em novos talentos, formatos e leitores. Essa é a marca da Matrix Editora, desde a sua fundação em 1999. A Matrix é hoje uma das mais respeitadas editoras do país com mais de 800 títulos publicados e dez novos lançamentos todos os meses.

A editora se especializou em livros de não-ficção, como biografias e livros-reportagem, além de obras de negócios, motivacionais e livros infantis. Os títulos editados pela Matrix são distribuídos para livrarias de todo o Brasil e também são comercializados no site www.matrixeditora.com.br.

BLOG DO ANDRÉ OLIVEIRA – INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | COLABORAÇÃO: LC AGÊNCIA DE COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui