Acusados confessam que Lolozinho foi morto com golpe de madeira na cabeça

0
20
NOVA VERSÃO REVELA QUE LATROCÍNIO DE SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE DE SÃO MATEUS FOI PREMEDITADO E EXECUTADO COM REQUINTES DE CRUELDADE


Uma nova versão do latrocínio contra o secretário de Meio Ambiente de São Mateus, Antenor Malverdi Filho, o Lolozinho, surgiu na manhã desta segunda-feira (7/12). 

Segundo informações da polícia, a vítima, inicialmente, teve o pescoço atingido por um dos acusados e, em seguida, foi golpeado na cabeça com um pedaço de madeira. 

Após se certificarem da morte da vítima, os criminosos colocaram o corpo de Antenor no porta-malas do carro, dirigiram-se a um terreno localizado há cerca de dois quilômetros da sede da Associação de Cabos e Solados, em Nova Venécia, e o enterraram em uma cova rasa. 

A polícia apresentou à imprensa os dois acusados do latrocínio.

A ação foi conduzida por T.P.K. e F.R.F, residentes em Nova Venécia. No depoimento, os assassinos confessaram que o crime foi premeditado e que, antes da ação, os três foram a um bar localizado no Bairro Rúbia. Quando a vítima foi ao banheiro, T. teria convencido F. a participar do assassinato de Antenor para roubarem seu carro e outros pertences.

Após toda a ação, F. se dirigiu para Ecoporanga com D.A. para trocar o veículo por um VW GOL, de cor azul (e não preto, como chegou a ser noticiado), mas momentos antes teriam sido vistos circulando com o GM Onix, placa PPI-8992, cor branca, de Antenor. 

O corpo de Antenor Malverdi Filho foi encontrado no domingo à tarde, em Nova Venécia,
 cerca de 48 horas após o desaparecimento.

Após o reconhecimento, F.R.F. e D.A. foram detidos pelo Serviço de Inteligência do 2º BPM. Um terceiro envolvido no crime, T., foi localizado pelos agentes da P/2 do 2º BPM, em um campo de futebol no Km 24 da Rodovia São Mateus-Nova Venécia. 

Ele foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil de Nova Venécia, acompanhado de outro suspeito, L.P.S., que também foi visto na noite do crime, juntamente com T., circulando por Nova Venécia.


(Fonte: Jornal A Notícia)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui