Colocando cláusulas na aliança

0
24
SENHOR, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor (Salmo 6.1).

Davi entendia que uma aliança é a expressão da vontade de duas ou mais pessoas, e a que Deus fez com o homem não era diferente. De acordo com a bondade do Senhor, Ele permite que coloquemos os pontos que desejamos que Ele cumpra além do que já nos tem prometido. Mas, por sermos limitados, devemos pedir a ajuda dEle. Assim, teremos um tratamento diferenciado, respeitando os limites em que Ele concorda em nos atender.

O salmista não queria ser repreendido na ira de Deus, pois sabia que não teria condições de cumprir o que lhe era pedido sem o auxílio divino. Mesmo assim, ele poderia escorregar em algum ponto; por isso, não queria estar nas mãos do inimigo. Se tivesse de ser repreendido, ele não desejava que fosse pela ira de Quem é perfeito em tudo. Então, o salmista suplicou pelo tratamento diferenciado.

O rei de Israel sabia que o Altíssimo era poderoso em tudo e, se usasse o Seu furor, ou se desse permissão ao diabo para tocar nele – como ocorreu no caso de Jó –, seu sofrimento seria grande. Assim, sentindo que podia pedir tudo ao Senhor, até mesmo no que se relacionasse a algum castigo que, porventura, sofresse, ele implorou para ser castigado fora do furor espiritual e, sem dúvida, foi atendido.

Ao receber uma missão, diga ao Altíssimo que a cumprirá, mas precisa de Sua orientação para saber quando e como realizá-la. Explique ainda que necessitará de ferramentas, pois, de si mesmo, não tem condições de agir de modo que agrade a Ele. Como Pai, Ele Se compraz em atender aos Seus filhos. Se, sendo maus, sabemos dar boas coisas aos nossos filhos, quanto mais Ele.

O bom é pedir direção em amor, pois muita gente tem dito que Deus ensina pela dor. Alguns têm dito isso sem saber de onde vem e aceitado alguns sofrimentos, pois, segundo dizem, estão sendo ensinados pela dor. Como Deus é bom e perfeito, Ele sabe dar as melhores lições em amor, misericórdia e ternura. Porém, se alguém ama a maldição, prepare-se, porque terá o que ama.

Ora, ser ensinado por amor é sempre melhor. Até mesmo nas coisas naturais, quando pensamos que podemos decidir sozinhos, o inimigo vem com a sua ganância. Então, inesperadamente, caímos em seus laços. Por que deixar de pedir que o amor de Deus seja o meio de Ele lhe ensinar e se tornar merecedor de castigo que não use a Sua ira?

Quem é servo deve depender em tudo e para tudo do seu mestre, e o nosso é o Mestre dos mestres, capacitadíssimo. Por isso, o fato de sermos ensinados e guiados por Ele nos garante sucesso absoluto. Usar o que Deus nos mostra nos fará muito bem. Ora, se somos Seus colaboradores, por que não termos a Sua recíproca proteção? A Ele seja a glória! Amém!

___________
(Autoria: Missionário R.R.Soares –  Publicado originalmente no site Ongrace.com)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui